Paulista 7ª etapa: “Potência não é nada sem controle”

Parafrasear o slogan de uma famosa marcas de pneus de automóveis foi o jeito de iniciar nossa matéria da última etapa do campeonato paulista 1:10 onroad de 2011.  Em uma corrida onde os pilotos mais rápidos cometeram erros e deixaram escapar a chance de fechar o campeonato com uma grande vitória, o novo e muito rápido traçado da AARC foi palco de grandes disputas nas categorias Sport e Racer, apesar do título já estar definido desde a penúltima etapa em ambas as classes.

Categoria Sport 

Traçado novo, pouco treino pra todos, e o que se viu foram tomadas de tempo bastante tumultuadas. O campeão Fabricio Zamperetti voava baixo, mas cometeu erros e não brigou pela pole position. Anderson Bechelli  e seu KM/Nova estreando o combustível LRP 16% nitro, também muito rápido cometeu menos erros ficando com o terceiro lugar geral. Lissandro Hossoda com seu Kyosho R4 reslveu dar as caras em uma etapa do Paulista e se classificou em 2º. E, finalmente as honras de Top Qualifier foram para Leandro Fares “o Magrelo” que foi premiado com a pilotagem mais constante dentre os pilotos rápidos da categoria e alinhou seu carro em primeiro lugar para a semifinal A.
Na semi B Anderson e Lissandro subiram sem problemas, Fabio Urano que brigava pelo vice-campeonato se envolveu em um acidente e perdeu a correia lateral. Com o tempo perdido não conseguiu acesso a final e deixou a disputa pelo vice.
Na semi A Fabricio e Leandro também sobem com tranquilidade. Outra vítima do novo traçado foi o menino Nikolas Gaigalas, que não teve tempo de treino na pista e acabou ficando de fora da final após uma quebra.

A final foi pura emoção por pelo menos 15 minutos. Fabricio, Anderson e Lissandro pularam na frente do pelotão e andavam muito próximos. Fabrício cometeu um erro e ficou um pouco pra trás, deixando a liderança com Anderson, seguido de Lissandro. Os minutos seguintes foram de intensa disputa, Lissandro assume a ponta mas no primeiro abastecimento Anderson toma a ponta novamente. Os dois seguem juntos e muito rápidos, sendo os dois únicos pilotos da Sport a quebrar a barreira dos 17 segundos na final até o segundo pit quando Anderson consegue uma pequena distância de vantagem. No tráfego com retardatários Anderson perde um pouco de tempo e Lissandro encosta e assume a ponta aos 15 minutos. A partir daí Lissandro encontrou seu melhor momento na prova e imprimiu um ritmo muito forte, abrindo vantagem para vencer a corrida. Anderson tentou forçar o ritmo mas os tempos de volta não acompanhavam mais Lissandro, até que Anderson finalmente se envolveu em uma batida com Marcos Piovesan e seu motor apagou, deixando-o de fora da briga. Após este problema a corrida de Anderson caminhou para uma sucessão de problemas até que abandonou a prova aos 28 minutos. Fabricio Zamperetti em uma corrida de recuperação completou a prova em 2º lugar e em 3º lugar o gaúcho Guilherme Bastian subiu ao pódio pela primeira vez, um grande resultado para quem estreou há poucos meses no r/c. Anderson Bechelli novamente com a volta mais rápida da prova acabou terminando com um mau resultado, mas fechou o ano de 2011 com o vice-campeonato.  Fabio Urano completou o Top3 da categoria Sport 2011.

Resultado da prova:

 

 

 

 

 

Resultado geral Categoria Sport 2011:
Campeão: Fabrício Zamperetti – Serpent/Novarossi
Vice-campeão: Anderson Bechelli – KM Racing/ Novarossi
3º liugar: Fabio Urano – KM Racing/ Novarossi

 

Categoria RACER

Na categoria Racer o título também já tinha dono, Leandro Campos. Nas tomadas Cesar Salvadori, estreando o combustível LRP Energy Power 16%, dominou os dois rounds e cravou o recorde do novo traçado da AARC com 16.374s e fechando a tomada de tempo com quase meia volta a frente do 2º mais rápido, Erich Heshiki. Paulo Cesar andou muito bem e colocou seu KM H-K1 em terceiro lugar. Favoritos como Leandro e Henrique Winik não conseguiram fazer uma boa sessão de classificação mas prometiam surpreender na final.

A final já teve uma largada confusa, Cesar largou mal e foi tocado por Erich, este se envolvendo numa série de batidas ainda na primeira curva. Na confusão Cesar abriu vantagem e Leandro já se colocou em segundo lugar. Com 4 minutos Cesar já alcançava os retardatários e foi aí que sua corrida começou a fugir do script. Por três vezes Cesar se enroscou com seu amigo e companheiro de equipe Sandro Martines, e viu Leandro assumir a primeira posição. Na primeira parada de abastecimento Cesar recuperou a liderança, seguido de muito perto por Leandro. Após forte pressão do piloto carioca por algumas voltas, Cesar abriu uma pequena distância e se estabilizou na liderança. Erich e Henrique vinham em 3º e 4º lugar mas com um ritmo que não acompanhava os dois primeiros. Aos 10 minutos Cesar abastece pela segunda vez e ganha mais vantagem com um pit muito rápido, também mais rápido na pista o piloto adotou uma estratégia de aproveitar o melhor momento na prova e abrir a vantagem para controlar a prova até o final, mas tudo acabou dando errado quando forçando o ritmo, Cesar errou e danificou a suspensão de seu carro, perdendo quase 2 minutos para voltar a prova. Com certeza não era a hora de acelerar e arriscar, com isso Leandro assumiu a ponta e com folga foi levando seu carro, mesmo após uma engrenagem de seu Mugen quebrar e ficar sem a segunda marcha. Erich também sofreu problemas e perdeu a chance de tomar a liderança de Leandro que estava ameaçada com o carro avariado. Henrique Winik vinha em terceiro lugar mas no final da prova acabou sendo surpeendido e foi ultrapassado por Cesar, que após uma grande recuperação completou a prova em terceiro lugar, e Sandro, que ultrapassou Henrique no final da última volta, completando a prova em 4º lugar com uma diferença de menos de 0,4s!! Erich cruzou a linha de chegada em 2º lugar e Leandro fechou o campeonato Paulista com chave de ouro vencendo mais uma vez.

Resultado da prova:

 

 

 

 

 

Resultado geral Categoria Racer 2011:
Campeão: Leandro Campos – Capricorn
Vice-campeão: Cesar Salvadori – KM Racing/ Novarossi
3º lugar: Sandro Martines – KM Racing/ Novarossi

Curiosidades da 7ª etapa……
• Dia 06 de novembro deve ser dia de Santo Henrique, afinal Henrique Winik emprestou seus motores para Leandro e Erich chegarem em 1º e 2º!!
• Apesar da falta de um fornecedor de lanches, nunca se viu tanta fartura na pista, graças ao Paulo Bastian e Leo Abreu, o sábado e domingo foram de barriga cheia pra todo mundo!

Balanço do campeonato:
Para a equipe Salvadori Racing o ano começou com muita dificuldade pois os carros da KM Racing chegaram somente após a primeira etapa e não foi fácil correr atrás do tempo perdido. Apesar de tudo os resultados foram excelentes:
• Em 4 de 7 etapas o chassi KM Racinfg foi o carro mais rápido da pista
• 3 poles position, duas vitórias e 4 pódios na categoria Racer c/ Cesar Salvadori e Sandro Martines
• 4 recordes de pista (2x AARC, 2x Indaiatuba) com Cesar Salvadori
• KM Racing H-K1 vice-campeão e 3º lugar geral nas categorias Sport e Racer

Além disso, os três primeiros lugares do ano na Sport utilizaram motores Novarossi, e na Racer o vice-campeão e o terceiro lugar também.

Para terminar, na última etapa a equipe estreou o combustível ENERGY POWER da LRP ELECTRONIC, sem sequer treinar sábado e mostrando uma grande performance e confiabilidade no domingo, com Cesar Salvadori e Anderson Bechelli fazendo os melhores tempos das categorias Racer e Sport.

Veja abaixo fotos da etapa:


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O campeonato paulista 2011 se despede e fica pra história, parabéns aos campeões Fabrício e Leandro e agora que venha 2012!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *