Retrospectiva 2012 Parte I: Brasileiro 1:8 onroad

Nos últimos meses nosso blog não teve muitas atualizações, mas muito material foi acumulado nas corridas em que estivemos presentes. Sendo assim, nesse final de ano postaremos matérias em forma de retrospectiva, começando com o campeonato brasileiro de 1:8 onroad. O título foi disputado em duas categorias, 3T e Pró (força livre) e o palco do evento foi a pista da Fazenda Vesuvio, em Salto, SP.

 

CATEGORIA 3T

Antes de falarmos da corrida, vamos falar um pouco sobre a categoria 3T. No ano de 2012 foi criada a categoria com motor único para todos pilotos, visando reduzir custos e melhorar a competitividade na medida do possível. Quem já acompanha o hobby no país, presenciou a morte e a ressurreição da categoria 1:8, que vem passando por um longo período de inércia. Infelizmente a proposta da categoria 3T não foi bem aceita por diversos motivos, mas foi uma tentativa válida de dar um sopro de vida na categoria que, permanece viva porém moribunda, apesar de todos os esforços dos organizadores e pilotos apaixonados que abraçaram a ideia.
O número de inscritos não foi grande, com final direta para todos os pilotos. Nas tomadas de tempo Flávio Elias como sempre dominou fazendo a pole, com destaque para Marcio Baptista, que cravou o terceiro tempo mesmo sendo piloto “light” andando junto com os pilotos experientes.
A final começou com uma disputa forte entre Flavio Elias e Thiago Brenelli, mas Thiago abandonou logo no início com uma quebra da suspensão dianteira. Flávio Elias disparou na ponta e a disputa pela segunda posição foi intensa entre os pilotos Ricardinho Benê, Rafael Bob e Guilherme Rodrigues, este último que deixou a disputa pelo vice-campeonato após ter um oneway da 1ª marcha quebrado, necessitando uma parada para troca e perdendo algumas voltas. Ao final dos 45 minutos Flávio vence com tranquilidade, com Ricardinho Benê e Bob em 2º e 3º respectivamente. Grande corrida e recuperação de Guilherme fechando na 4ª posição e com um ritmo de prova que lhe daria um merecido vice-campeonato não fosse a quebra.

Resultado final:
Campeão: Flávio Elias – Capricorn – Novarossi N21 3T
Vice-campeão: Ricardinho Martins “Benê” – Capricorn – Novarossi N21 3T
3º lugar: Rafael “Bob” Vieira – Capricorn – Novarossi N21 3T

Vídeo com melhores momentos da final 3T:

______________________________________________________________

CATEGORIA PRÓ (Força livre)

A categoria Pró recebeu um número um pouco maior de pilotos, com realização de semifinal para formação do grid final. Nas tomadas de tempo, mais uma vez nenhuma surpresa com Flávio Elias fazendo a pole, seguido por Thiago Brenelli, Eduardo Dulac e Henrique Winik, todos classificados diretamente para a final.
A prova final teve novamente pilotos brigando pela segunda posição como protagonistas. Enquanto Flávio Elias administrava a liderança, Eduardo Dulac e Henrique Winik travaram uma bela e longa disputa, com seus carros separados por cerca de 1 segundo durante os 20 primeiros minutos de prova. Henrique tentou atacar em vários momentos, mas conseguiu assumir a vice liderança após um reabastecimento antes da metade da prova. Eduardo Dulac tentou forçar o ritmo para recuperar a posição e com um erro acabou danificando bastante seu carro. No finalzinho da prova Henrique teve uma vela queimada, mas com tempo suficiente para voltar e fechar na segunda posição, seguido por Guilherme Rodrigues finalmente chegando ao pódio no final do dia. Flávio Elias liderou a prova de ponta à ponta, sagrando-se mais uma vez campeão brasileiro de 1:8 onroad.

Resultado final:
Campeão: Flávio Elias – Capricorn – Novarossi Keep-on .21
Vice-campeão: Henrique Winik – Mugen – Novarossi PTS
3º lugar: Guilherme Rodrigues – Mugen – Novarossi Collari

Vídeo com os melhores momentos da final:
Galeria de fotos do evento:
Esta entrada foi publicada em Notícias, Sem categoria e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *