Arquivo da categoria: News

Paulista 7ª etapa: “Potência não é nada sem controle”

Parafrasear o slogan de uma famosa marcas de pneus de automóveis foi o jeito de iniciar nossa matéria da última etapa do campeonato paulista 1:10 onroad de 2011.  Em uma corrida onde os pilotos mais rápidos cometeram erros e deixaram escapar a chance de fechar o campeonato com uma grande vitória, o novo e muito rápido traçado da AARC foi palco de grandes disputas nas categorias Sport e Racer, apesar do título já estar definido desde a penúltima etapa em ambas as classes.

Categoria Sport 

Traçado novo, pouco treino pra todos, e o que se viu foram tomadas de tempo bastante tumultuadas. O campeão Fabricio Zamperetti voava baixo, mas cometeu erros e não brigou pela pole position. Anderson Bechelli  e seu KM/Nova estreando o combustível LRP 16% nitro, também muito rápido cometeu menos erros ficando com o terceiro lugar geral. Lissandro Hossoda com seu Kyosho R4 reslveu dar as caras em uma etapa do Paulista e se classificou em 2º. E, finalmente as honras de Top Qualifier foram para Leandro Fares “o Magrelo” que foi premiado com a pilotagem mais constante dentre os pilotos rápidos da categoria e alinhou seu carro em primeiro lugar para a semifinal A.
Na semi B Anderson e Lissandro subiram sem problemas, Fabio Urano que brigava pelo vice-campeonato se envolveu em um acidente e perdeu a correia lateral. Com o tempo perdido não conseguiu acesso a final e deixou a disputa pelo vice.
Na semi A Fabricio e Leandro também sobem com tranquilidade. Outra vítima do novo traçado foi o menino Nikolas Gaigalas, que não teve tempo de treino na pista e acabou ficando de fora da final após uma quebra.

A final foi pura emoção por pelo menos 15 minutos. Fabricio, Anderson e Lissandro pularam na frente do pelotão e andavam muito próximos. Fabrício cometeu um erro e ficou um pouco pra trás, deixando a liderança com Anderson, seguido de Lissandro. Os minutos seguintes foram de intensa disputa, Lissandro assume a ponta mas no primeiro abastecimento Anderson toma a ponta novamente. Os dois seguem juntos e muito rápidos, sendo os dois únicos pilotos da Sport a quebrar a barreira dos 17 segundos na final até o segundo pit quando Anderson consegue uma pequena distância de vantagem. No tráfego com retardatários Anderson perde um pouco de tempo e Lissandro encosta e assume a ponta aos 15 minutos. A partir daí Lissandro encontrou seu melhor momento na prova e imprimiu um ritmo muito forte, abrindo vantagem para vencer a corrida. Anderson tentou forçar o ritmo mas os tempos de volta não acompanhavam mais Lissandro, até que Anderson finalmente se envolveu em uma batida com Marcos Piovesan e seu motor apagou, deixando-o de fora da briga. Após este problema a corrida de Anderson caminhou para uma sucessão de problemas até que abandonou a prova aos 28 minutos. Fabricio Zamperetti em uma corrida de recuperação completou a prova em 2º lugar e em 3º lugar o gaúcho Guilherme Bastian subiu ao pódio pela primeira vez, um grande resultado para quem estreou há poucos meses no r/c. Anderson Bechelli novamente com a volta mais rápida da prova acabou terminando com um mau resultado, mas fechou o ano de 2011 com o vice-campeonato.  Fabio Urano completou o Top3 da categoria Sport 2011.

Resultado da prova:

 

 

 

 

 

Resultado geral Categoria Sport 2011:
Campeão: Fabrício Zamperetti – Serpent/Novarossi
Vice-campeão: Anderson Bechelli – KM Racing/ Novarossi
3º liugar: Fabio Urano – KM Racing/ Novarossi

 

Categoria RACER

Na categoria Racer o título também já tinha dono, Leandro Campos. Nas tomadas Cesar Salvadori, estreando o combustível LRP Energy Power 16%, dominou os dois rounds e cravou o recorde do novo traçado da AARC com 16.374s e fechando a tomada de tempo com quase meia volta a frente do 2º mais rápido, Erich Heshiki. Paulo Cesar andou muito bem e colocou seu KM H-K1 em terceiro lugar. Favoritos como Leandro e Henrique Winik não conseguiram fazer uma boa sessão de classificação mas prometiam surpreender na final.

A final já teve uma largada confusa, Cesar largou mal e foi tocado por Erich, este se envolvendo numa série de batidas ainda na primeira curva. Na confusão Cesar abriu vantagem e Leandro já se colocou em segundo lugar. Com 4 minutos Cesar já alcançava os retardatários e foi aí que sua corrida começou a fugir do script. Por três vezes Cesar se enroscou com seu amigo e companheiro de equipe Sandro Martines, e viu Leandro assumir a primeira posição. Na primeira parada de abastecimento Cesar recuperou a liderança, seguido de muito perto por Leandro. Após forte pressão do piloto carioca por algumas voltas, Cesar abriu uma pequena distância e se estabilizou na liderança. Erich e Henrique vinham em 3º e 4º lugar mas com um ritmo que não acompanhava os dois primeiros. Aos 10 minutos Cesar abastece pela segunda vez e ganha mais vantagem com um pit muito rápido, também mais rápido na pista o piloto adotou uma estratégia de aproveitar o melhor momento na prova e abrir a vantagem para controlar a prova até o final, mas tudo acabou dando errado quando forçando o ritmo, Cesar errou e danificou a suspensão de seu carro, perdendo quase 2 minutos para voltar a prova. Com certeza não era a hora de acelerar e arriscar, com isso Leandro assumiu a ponta e com folga foi levando seu carro, mesmo após uma engrenagem de seu Mugen quebrar e ficar sem a segunda marcha. Erich também sofreu problemas e perdeu a chance de tomar a liderança de Leandro que estava ameaçada com o carro avariado. Henrique Winik vinha em terceiro lugar mas no final da prova acabou sendo surpeendido e foi ultrapassado por Cesar, que após uma grande recuperação completou a prova em terceiro lugar, e Sandro, que ultrapassou Henrique no final da última volta, completando a prova em 4º lugar com uma diferença de menos de 0,4s!! Erich cruzou a linha de chegada em 2º lugar e Leandro fechou o campeonato Paulista com chave de ouro vencendo mais uma vez.

Resultado da prova:

 

 

 

 

 

Resultado geral Categoria Racer 2011:
Campeão: Leandro Campos – Capricorn
Vice-campeão: Cesar Salvadori – KM Racing/ Novarossi
3º lugar: Sandro Martines – KM Racing/ Novarossi

Curiosidades da 7ª etapa……
• Dia 06 de novembro deve ser dia de Santo Henrique, afinal Henrique Winik emprestou seus motores para Leandro e Erich chegarem em 1º e 2º!!
• Apesar da falta de um fornecedor de lanches, nunca se viu tanta fartura na pista, graças ao Paulo Bastian e Leo Abreu, o sábado e domingo foram de barriga cheia pra todo mundo!

Balanço do campeonato:
Para a equipe Salvadori Racing o ano começou com muita dificuldade pois os carros da KM Racing chegaram somente após a primeira etapa e não foi fácil correr atrás do tempo perdido. Apesar de tudo os resultados foram excelentes:
• Em 4 de 7 etapas o chassi KM Racinfg foi o carro mais rápido da pista
• 3 poles position, duas vitórias e 4 pódios na categoria Racer c/ Cesar Salvadori e Sandro Martines
• 4 recordes de pista (2x AARC, 2x Indaiatuba) com Cesar Salvadori
• KM Racing H-K1 vice-campeão e 3º lugar geral nas categorias Sport e Racer

Além disso, os três primeiros lugares do ano na Sport utilizaram motores Novarossi, e na Racer o vice-campeão e o terceiro lugar também.

Para terminar, na última etapa a equipe estreou o combustível ENERGY POWER da LRP ELECTRONIC, sem sequer treinar sábado e mostrando uma grande performance e confiabilidade no domingo, com Cesar Salvadori e Anderson Bechelli fazendo os melhores tempos das categorias Racer e Sport.

Veja abaixo fotos da etapa:


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O campeonato paulista 2011 se despede e fica pra história, parabéns aos campeões Fabrício e Leandro e agora que venha 2012!

Chuva interrompe prova, mas AARC tem seus campeões 2011

No dia 30 de outubro foi (seria) realizada a última etapa do campeonato AARC 2011. Mais uma vez a chuva impediu que a etapa fosse completa, mas ao menos por boa parte do dia houve ação na pista. Os olhos estavam mais voltados a categoria Sport, onde o título ainda estava em aberto e seria decidido entre Anderson Becheli e Lissandro Hossoda.

Nas tomadas de tempo duas certezas. A de que a pista era péssima, e que Anderson e Lissandro brigariam a cada décimo de segundo. Na primeira sessão Lissandro não foi bem com  16 voltas em 5’08” e Anderson cravou 16 voltas em 5’02”.
Na segunda sessão a pista melhorou um pouco e Lissandro melhorou seu tempo para 5’00”, tomando a pole position de Anderson que repetiu o tempo da primeira sessão.

Para as semifinais Anderson optou por usar aditivo de pneus, mas a direção de prova se confundiu e deu menos de 3 minutos de warm-up para a semi-B e Anderson não teve tempo de secar os pneus, entregando várias posições na largada para evitar acidentes. Mesmo assim Anderson fecchou sua semi na primeira colocação. Na semi-A Lissandro andou tranquilo e sem problemas vencendo sua semi e com o índice para largar em primeiro na final. Rodrigo Lopes foi muito bem e alinhou seu KM H-K1 em terceiro lugar no grid da final.

Na final Lissandro dispara na frente após um erro de Anderson já na primeira curva, que o deixou muito pra trás. Guilherme Bastian acompanha Lissandro na segunda posição. Após 5 minutos de prova Anderson inicia uma forte recuperação, sendo o único piloto a andar abaixo de 18s na final Sport e se aproxima de Lissando volta após volta. Aos 14 minutos de prova a disputa atingiu o seu máximo quando Anderson finalmente encostou em Lissandro para tomar a liderança. Na primeira tentativa Anderson se precipitou e tocou em Lissandro, mas levou a pior capotando seu carro e ficando um pouco para trás. Logo depois uma garoa começou a cair e a prova foi interrompida após 2 voltas sem que Anderson conseguisse a ultrapassagem. Após alguns minutos a chuva caiu muito forte a a etapa foi cancelada, valendo os resultados das semifinais.

1º Lissandro Hossoda – Kyosho – Max
2º Anderson Becheli  – KM  – Novarossi
3º Rodrigo Lopes – KM – Novarossi

Na categoria Racer a corrida se resumiu nas tomadas de tempo. Na primeira sessão Fabricio voou baixo mas cometeu um erro no final da tomada e perdeu a correia lateralde seu H-K1. Sandro Martines também bateu quebrando a suspensão de seu H-K1. Leandro Fares fechou a primeira sessão com a pole provisória.
Na segunda sessão Sandro optou por utilizar o aditivo SR “Diabo Verde” em seus pneus e fazendo uma tomada sem erros foi o único carro  do dia a conseguir fazer 17 voltas nas tomadas, com um tempo de 5’13”.
Devido a chuva as finais não foram realizadas e o resultado da categoria racer ficou assim:

1º Sandro Martines – KM – Novarossi
2º Leandro Fares – Capricorn – Novarossi
3º Paulo Cesar – Capricorn  – Novarossi

Com os resultados da 7ª e última etapa o campeonato AARC 2011 ficou nas mãos de LISSANDRO HOSSODA e SANDRO MARTINES !

Parabéns aos campeões pelo esforço e pelo resultado do trabalho na temporada de 2011.

Veja abaixo algumas fotos da etapa (créditos M-Brasil Racing)

Ferramentas profissionais KM racing

Chegaram na Salvadori Racing as ferramentas profissionais Km Racing. São diversos modelos para você montar e fazer a manutenção do seu modelo com precisão e sem estragar parafusos. Também estão disponíveis ferramentas de setup, para medir altura de chassi e downstops.

As ferramentas KM são produzidas com os materiais mais nobres disponíveis, para que você tenha um produto de qualidade e durabilidade sem iguais.

Todas as chaves possuem:
•  Cabo em alumínio aeroespacial anozidado, com acabamento high grip e com gravação a laser indicando a medida da ferramenta
•  Tampa do cabo inclusa, permite a operação rápida da ferramenta apoiando a tampa  na palma da mão e girando a ferramenta
•  Ponta em aço especial de altíssima resistência e durabilidade

Modelos disponíveis:

KMR-H15 Hex. Wrench 1.5 x 120mm (Chave allen 1.5x120mm KM RACING)
KMR-H20 Hex. Wrench 2.0 x 120mm (Chave allen 2.0 x 120mm KM RACING)
KMR-H25 Hex. Wrench 2.5 x 120mm (Chave allen 2.5 x 120mm KM RACING)
KMR-H30 Hex. Wrench 3.0 x 120mm (Chave allen 3.0 x 120mm KM RACING)
KMR-B20 Ball End Hex. Wrench 2.0 x 120mm (Chave allen “ball” 2.0 x 120mm KM Racing)
KMR-B25 Ball End Hex. Wrench 2.5 x 120mm (Chave allen “ball” 2.5 x 120mm KM Racing)
KMR-B30 Ball End Hex. Wrench 3.0 x 120mm (Chave allen “ball” 3.0 x 120mm KM Racing)
KMR-P40 Phillips Screwdriver 4.0 x 120mm (Chave Philips 4.0 x 120mm KM Racing)
KMR-F40 Flat Head Screwdriver 4.0 x 120mm (Chave de fenda 4.0 x 120mm KM Racing)
KMR-F58 Flat Head Screwdriver 5.8 x 120mm (Chave de fenda 5.8 x 120mm KM Racing)
KMR-N70 Nut Driver 7.0 x 100mm (Chave canhão 7.0 x 100mm KM Racing)
KMR-HS Hex. Wrench Set 1.5/2.0/2.5/3.0 (Kit de chaves allen 1.5, 2.0, 2.5, 3.0mm KM Racing)
KMR-BS Ball Hex. Wrench Set 2.0/2.5/3.0 (Kit de chaves allen “ball” 2.0, 2.5, 3.0mm KM Racing)
KMR-H15T Hex. Wrench 1.5 x 120mm Tip (Ponta de reposição p/ chave allen 1.5mm KM Racing)
KMR-H20T Hex. Wrench 2.0 x 120mm Tip (Ponta de reposição p/ chave allen 2.0mm KM Racing)
KMR-H25T Hex. Wrench 2.5 x 120mm Tip (Ponta de reposição p/ chave allen 2.5mm KM Racing)
KMR-H30T Hex. Wrench 3.0 x 120mm Tip (Ponta de reposição p/ chave allen 3.0mm KM Racing)
KMR-B20T Ball Hex. Wrench 2.0 x 120mm Tip (Ponta de reposição p/ chave allen “ball” 2.0mm KM Racing)
KMR-B25T Ball Hex. Wrench 2.5 x 120mm Tip (Ponta de reposição p/ chave allen “ball” 2.5mm KM Racing)

Veja a foto de algumas das ferramentas:

 

 

 

 

 

 

As ferramentas para setup KM Racing são produzidas em alumínio aeroespacial anodizado, com extrema precisão, garantindo a aferição perfeita dos ajustes de seu chassi:

KMR-A015R Chassis Ride Height Gauge (Medidor de altura de chassi 1-15mm KM Racing)
KMR-A016R Setting Bars (Blocos p/ medidor de “downstop” KM Racing)
KMR-A017R Down Stop Gauge (Medidor de downstop -3mm a 10mm KM Racing)

Veja as fotos das ferramentas de setup KM racing:


 

 

 

Para saber os preços e comprar as ferramentas, clique aqui  e acesse nossa loja virtual.

Chuva não cessa e 3ª etapa do Brasileiro é cancelada

Durante quatro dias seguidos a visão que se tinha da pista era essa. Água, água e mais água.
Em uma semana de péssimo tempo, aquilo que parecia impossível aconteceu pela primeira vez. A terceira e última etapa do campeonato brasileiro onroad 2011 não aconteceu devido ao mau tempo.
Com isso, conforme o regulamento todos os pilotos inscritos receberam a pontuação do 11º lugar e o campeonato ficou decidido com o resultado das duas primeiras etapas, com exceção de poucos pilotos que se beneficiaram com a pontuação recebida nesta etapa cancelada.

Categoria Master

Na Master o campeão já era conhecido, Edson Lima do estado do Paraná já havia assegurado o título na etapa do Rio de Janeiro, mas compareceu em Santo André-SP para lutar pelo título da categoria Sport e levantar sua taça da Masters. O vice-campeonato ficou com o também candidato ao título da Sport, Paulo Martins, e o 3º lugar com o primeiro campeão brasileiro da categoria 1:10 200mm (em 2001), Sandro Gyorgy:


1º Lugar: Edson Lima – PR – Mugen/ Novarossi
2º Lugar: Paulo Martins – SP – Capricorn/ Capricorn
3º Lugar: Sandro Gyorgy – SP – Team Magic / Sirio


 

Categoria Sport

Nesta categoria o título estava aberto, quase 10 pilotos tinham chances reais de ser campeão, para adicionar emoção a prova, vários pilotos de alto nível e que não participaram do campeonato todo estavam inscritos e certamente abrilhantariam a disputa. Prejuízo total para os pilotos de São Paulo, que contavam justamente com esta etapa para tentar o título ou uma posição no pódio. O resultado do campeonato ficou:

1º Lugar: Luciano Aquino – RS – Shepherd/ Max Power
2º Lugar: Edson Lima – PR – Mugen/ Novarossi
3º Lugar: Paulo Martins – SP – Capricorn/ Capricorn
4º Lugar: Luiz Pedro – SP – Capricorn / Novarossi
5º Lugar: Leandro Fares – SP – Capricorn / Novarossi

 

Categoria Racer

A disputa estava restrita entre 3 pilotos somente, porém era a corrida mais aguardada do ano, com um grid de altíssimo nível na pista mais desafiadora do país. A expectativa se traduziu em frustração não só para todos os pilotos que esperavam se divertir na pista de Santo André, mas especialmente para Gabriel Brito e Leandro Campos, que não puderam sequer tentar tomar o primeiro lugar que Eduardo Dulac, que se sagrou campeão curiosamente pela segunda vez em uma situação em que a corrida não aconteceu por causa da chuva. Vozes misteriosas dizem que Dudu é devoto de São Pedro dos Pampas. Palhaçadas a parte, o título foi vencido em pista nas duas etapas que efetivamente aconteceram, portanto o piloto gáucho está de parabéns pelo seu bicampeonato brasileiro (2007 e 2011). O resultado final ficou assim:

1º Lugar: Eduardo Dulac – RS – Shepherd/ Max Power
2º Lugar: Leandro Campos – RJ – Capricorn / Capricorn
3º Lugar: Gabriel Brito – PR – Shepherd/ Max Power
4º Lugar: Cesar Salvadori – SP – KM Racing / Novarossi
5º Lugar: Pedro Piau – RJ – Capricorn / Novarossi

 

Fica agora a grande expectativa para o campeonato sulamericano em dezembro, na pista da Fazenda Vesúvio em Salto/Indaiatuba-SP.

6ª etapa do Paulista: KM Racing domina novamente!

Nos dias 24 e 25 de setembro foi realizada a 6ª etapa do campeonato Paulista onroad 2011. Deste vez utilizando o layout de Indaiatuba no sentido horário, praticamente uma pista nova e muito diferente para a maioria dos pilotos.

Tomadas de tempo….

Na categoria Sport, a briga pela pole ficou entre Anderson Becheli (KM Racing, Novarossi) e Fabricio Zamperetti (Serpent, Novarossi). A briga se extendeu por toda a tomada e a definição ficou mesmo para a última volta, com Fabrício assegurando seu ponto extra com apenas 0,1s de vantagem! Completaram os top4 os pilotos Leandro Fares (KM Racing, Novarossi) e Fabio Urano (KM Racing, Novarossi)

Pos. Piloto Voltas Tempo Chassi Motor
1 Fabricio Zamperetti 18 5:05.523 733 Novarossi
2 Anderson Becheli 18 5:05.697 KM Novarossi
3 Leandro Fares 18 5:09.741 KM Novarossi
4 Fabio Urano 18 5:16.793 KM Novarossi

Na categoria Racer, domínio total de Cesar Salvadori (KM Racing, Novarossi), sendo o único piloto a completas 19 voltas em ambas as tomadas e o único a girar na casa dos 15 segundos, os 4 primeiros qualificados na Racer foram:

Pos. Piloto Voltas Tempo Chassi Motor
1 Cesar Salvadori 19 5:11.056 KM Novarossi
2 Fernando Gasparetto 18 5:00.158 Shepherd Novarossi
3 Gustavo Teixeira 18 5:01.097 Capricorn Capricorn
4 Erich Heshiki 18 5:02.680 Capricorn Capricorn

 As finais…..

A final da categoria Sport foi movimentada, com os líderes sofrendo problemas e recuperando-se. Primeiro Anderson que teve o motor apagado após um acidente na pista quando vinha em 2º lugar na cola de Fabrício. Logo depois Fabrício sofreu uma pane seca e entregou a liderança a Anderson. Fabio Urano e Leandro Fares corriam por fora em busca na liderança, o primeiro na regularidade, e o segundo boa parte da prova com o carro mais rápido na pista mas acabou cometendo erros no pitlane e por fim ficou pra trás com problemas de motor. Na metade da prova Anderson teve sua corrida prejudicada quando durante um reabastecimento o mecânico Cesar deixou vazar combustível e o rádio parou de responder. Com isso Fabrício seguiu tranquilo e completou a prova em 1º lugar, garantindo o título da categoria Sport com uma etapa de antecipação! Para Anderson restou a briga pelo vice com Fabio Urano e a melhor volta da final com 16.383s. Os três primeiros colocados foram:

Pos Piloto Voltas Tempo Melhor volta Carro Motor
1 Fabricio Zamperetti 102 30:07.885 16.480 Serpent Novarossi
2 Fabio Urano 99 30:13.873 16.795 KM Novarossi
3 Paulo Martins 99 30:17.158 16.854 Capricorn Capricorn

A final da categoria Racer não foi menos movimentada. No início Cesar largou na frente e disparou, deixando Gasparetto, Henrique e Erich na briga pela 2ª posição nos primeiros minutos. Leandro com problemas foi ficando pra trás e Sandro Martines se mantinha próximo do pelotão que brigava pelo 2º lugar. Aos 9 minutos Cesar vinha para colocar 1 volta sobre Gasparetto e Henrique, quando em um incidente com Gasparetto ambos saíram da pista e os carros apagaram. Cesar perdeu toda sua vantagem e viu Henrique em sua busca, após um erro de Cesar, Henrique fica com o primeiro lugar e na disputa pela ponta o carro de Cesar toca Henrique e ao aguardar para que Henrique voltasse a frente o carro de Cesar é acertado pelo Mugen de Leandro e tem o escapamento bastante danificado. Em função da pancada Cesar não esperou mais o retorno de Henrique e tomou um stop and go. Após cumprir a penalização Cesar volta em segundo lugar e com o rendimento pior devido ao escapamento danificado sofre para chegar em Henrique  novamente, mas consegue ultrapassar e vence a prova com 3 segundos de vantagem. Sandro Martines completou o pódio em terceiro. Dos 5 primeiros colocados, 4 correram com o chassi KM Racing H-K1, e todos com motor Novarossi!

 

Pos Piloto Voltas Tempo Melhor volta Chassi Motor
1 Cesar Salvadori 105 30:05.097 15.981  KM Novarossi
2 Henrique Winik 105 30:08.015 16.076  Mugen Novarossi
3 Sandro Martines 104 30:09.475 16.194  KM Novarossi

Veja abaixo algumas fotos do evento (crédito M-Brasil Racing):

 

 

 

 

Baixe o setup utilizado por Cesar Salvadori clicando aqui

Equipamento utilizado por Cesar e sua equipe:
Chassi KM Racing H-k1
Motor Novarossi FLASH-12 PTS
Embreagem Salvadori Racing Evo2
Servos Savox SC-1251
Pneus SR
Bolha LYNX RS4 light 


Setup KM H-K1 TQ & 1º Lugar (Cesar Salvadori) 6ª etapa SP 25/09/2011

Baixe o setup utilizado por Cesar Salvadori na 6ª etapa do campeonato Paulista onroad 2011. Com esta configuração Cesar fez a pole position e venceu a prova, fazendo também o melhor tempo e o recorde da pista de Indaiatuba layout curto sentido horário.

KM H-K1 vence 5ª etapa do Campeonato Paulista!

Cesar Salvadori leva seu KM Racing H-k1 a vitória na 5ª etapa do campeonato paulista 2011.

A prova foi realizada em Indaiatuba e desde o início foi dominada por Cesar, que fez a pole position e venceu a corrida, além de cravar o melhor tempo do dia virando 15.529s no circuito curto da pista de Indaiatuba.

Baixe o setup utilizado por Cesar clicando aqui.

Equipamento utilizado:
Chassi KM Racing H-k1
Motor Novarossi FLASH-12 PTS
Embreagem Salvadori Racing Evo2
Servos Savox SC-1251
Pneus SR

Setup KM H-K1 Pole & 1º Lugar 5ª etapa SP 28/08/2011

Baixe agora a folha do setup utilizado por Cesar Salvadori em seu KM H-K1 na vitória da 5ª etapa do campeonato paulista 2011: