Arquivo da categoria: Setups ARC R10/R11

Setup ”pré-brasileiro” 10.5 Blinky – ARC R10

Segue setup desenvolvido durante preparação para o campeonato brasileiro 2015, categoria Blinky.

Testes e modificações feitos com o pneu e aditivo do evento.

R10-2015_11-07-2015-AARC R10-2015_11-07-2015-AARC (clique para baixar a folha de setup em .pdf editável, compatível somente com Adobe Reader)

Setup ARC R10 – Pista APPA by Fabricio Zamperetti

r10_2015_ATS_setup-APPA-24-MAIO-2015-FabricioSetup desenvolvido por Fabricio Zamperetti na última prova realizada na pista APPA, em 24/05/2015, fazendo a melhor volta prova.

Clique no link abaixo parta baixar o setup em formato pdf:

r10_2015_ATS_setup APPA 24 MAIO 2015 Fabricio

Setup ARC R10 – 29/03/2015

Setup utilizado por Cesar Salvadori na 1a Etapa do campeonato da pista AARC do ABC.

Pista com ótimo grip, condições climáticas impediram mais testes comparativos. Foi utilizada a suspensão traseira ATS opcional, com resultado muito satisfatório, porém sem base para comparação com a suspensão original, uma vez que não foi possível testa-la.

Primeira corrida com a configuração 10.5 Blinky, nenhum teste realizado, apenas segui o que a equipe LRP utilizou no campeonato europeu de 2014, e o resultado foi bom.

Foram utilizados 2 cooling fans Team Titan para resfriar o motor. Um de 30x30mm na frente do motor, e um de 40x40mm atrás do motor. Após as baterias o ESC apontava 7 picadas no teste de temperatura do motor, o que indica 15ºC abaixo da temperatura limite. A temperatura na carcaça do motor variava entre 94 e 100ºC. O ajuste de timing do motor foi de 42.5º (insert de 27.5º montado invertido)

A firmware utilizada no ESC LRP Flow foi a V5.4, com o setup padrão de fábrica, futuramente testaremos os parâmetros de initial drive e outras opções de freio.

*** Correção: barra estabilizadora dianteira = 1.0mm 

Clique no link abaixo para baixar o setup em formato .pdf:
R10-2015_29-03-2015-AARC

Clique abaixo para visualizar em formato .jpg (Para visualizar em tamanho grande, clique com o botão direito do mouse e abra o link em uma nova guia/aba/janela. Neste arquivo o campo de notas estará incompleto, podendo ser visualizado por completo somente no arquivo .pdf):
Setup ARC R10 - AARC (29/03/2015)

Setup ARC R10 – CAAR (Curitiba, PR) 27/07/2014

Setup utilizado pelos pilotos Cesar Salvadori e Fabricio Zamperetti no campeonato brasileiro elétrico Superstock 2014.

Carro perfeito com os pneus do evento (Sweep 35 D65), sem qualquer ressalva a ser feita. Extremamente recomendado para a pista!

Para abrir o arquivo de imagem em tamanho máximo, clique com o botão direito do mouse e em seguida escolha abrir em outra aba ou guia:

R102013_CAAR_27-07-2014

Setup ARC R10 – AARC, Santo André-SP, 13/04/2014

Setup utilizado por Cesar Salvadori na 1ª etapa do Campeonato AARC elétrico  10.5T.

Pista com grip médio p/ pneus de borracha.
Novos pneus LRP G36 utilizados com o novo aditivo Salvadori Racing Type-3.

Performance excelente durante todo o tempo de prova, com tempos de volta muito próximos do início ao fim, mostrando a consistência do balanço do chassi, pneus e aditivo.

Resultado: 1º lugar, melhor volta e recorde da pista.

Clique no link abaixo p/ baixar o setup em formato .pdf editável (funciona somente com Adobe Acrobat):
R102013_AARC_13-04-2014

Folha de setup em arquivo de imagem .jpg:
R102013_AARC_13-04-2014

Setup ARC R10 2013 – AARC 05/10/2013

Setup utilizado por Cesar Salvadori na 6ª etapa do campeonato AARC 2013. A prova foi realizada no novo traçado da pista.

Chassi perfeito nas tomadas de tempo, com o aumento da aderência durante o dia o carro começou a ter excesso de aderência em curva de alta. Apesar de controlável, o carro capotou por excesso de aderência nas 3 baterias finais. Provavelmente a combinação de alta aderência com um pouco de ondulação nas curvas de alta e o eixo blocado dianteiro são as razões pra isso acontecer. Ainda que isso seja controlável na pilotagem, será testado diferencial dianteiro (óleo 1.000.000, 2.500.000 e massa) com o objetivo de melhorar a estabilidade e tornar o carro mais dócil em curvas de alta.
Aditivo protótipo testado, fórmula sem odor nenhum. Procedimento utilizado:
1.) Limpeza dos pneus com limpa freio Wurth
2.) Aplicação do aditivo, aquecimento a 65ºC 20 minutos
3.) Limpeza do resíduo de aditivo com limpa freios
4.) Pneus novamente aquecidos a 45ºC para a largada da prova

Para baixar o setup clique no link abaixo (aquivo .pdf, utilizar o Adobe Acrobat Reader para visualização correta do arquivo):
R10-AARC-05-10-2013

Setup ARC R10 – Treino AARC 09/06/2013

Segue a cópia do setup elaborado por Cesar Salvadori nos treinos de 8 e 9 de junho. As principais modificações foram nos amortecedores, novo chassi e na utilização do recém lançado aditivo para pneus Salvadori Racing TYPE-2.

O resultado foi melhor que o esperado, com tempos de volta muito baixos e constante durante toda a bateria.

Modo de aplicação do aditivo SR Type-2:

1.) Limpar os pneus com limpa freio ou álcool
2.) Aplicar o aditivo SR Type-2 cobrindo toda a superfície dos pneus dianteiros e traseiros
3.) Forrar os pneus com papel toalha
4.) Aquecer os pneus a 60ºC, por 10 minutos os pneus dianteiros e 20 minutos os pneus traseiros
5.) Retirar as mantas do aquecedor do pneu e limpar o excesso de aditivo que restou nos pneus, se houver
6.) Aguardar os pneus secarem totalmente (aproximadamente 10 minutos)

Este procedimento se mostrou extremamente eficiente, os tempos de volta já aparecem desde a primeira volta e mesmo no final da bateria a reação do carro e os tempos de volta permaneceram satisfatórios.

Clique no link abaixo p/ salvar o setup em formado .pdf ou clique na imagem para expandir a folha de setup em formato .jpeg (p/ visualizar a imagem em tamanho real, clique com o botão direito e selecione abrir imagem em uma nova aba/guia)

R10-AARC-09-06-2013

Setup ARC R10 Treino AARC-09-06-2013

Setup ARC R10 – treino AARC 13/5/2013

Final de semana de testes na AARC do ABC.  Foco principal no chassi R10 para conseguir mais direção.

Modificações em relação ao meu setup anterior:
1.) Bolha LTC-R
2.) Antidive dianteiro, utilizando calços de 0.50mm no montante dianteiro da suspensão dianteira
3.) Barra estabilizadora dianteira 1.3mm
4.) Óleo de diff 600 (não tem a ver com o ganho de direção, pelo contrário, foi somente um teste para ver o comportamento do carro na entrada de uma chicane de alta velocidade, porém os resultados foram mais sensíveis em outros pontos da pista. ora para melhor, ora para pior)

O maior objetivo era conseguir mais frente em baixa velocidade, e as modificações responderam positivamente, além de um ganho geral de direção que tornou o chassi mais rápido.
No geral o carro é mais rápido, seja com bolha LTC-R ou Mazda Speed. A pilotagem é mais crítica, mais fácil de errar principalmente com a bolha LTC-R.
Provavelmente será o setup utilizado na próxima competição, com exceção do óleo de diferencial, onde pretendo encontrar um ponto intermediário ou retornar para o óleo 1000cSt

Clique no link abaixo p/ salvar ou abrir o arquivo com a folha de setup (utilizar Acrobat Reader p/ visualizar o arquivo):
R10-AARC-12-05-2013